agosto, 2011

30ago

Uma história em um poster

Atualizado por Adriana 30.08.11 às 10:00
history_posters

O estúdio italiano de design chamado H-57 criou uma série de posters que contam a história de personalidades através de pictogramas. Tipo uma biografia minimalista mesmo.

Continue lendo »
29ago

Agonia

Atualizado por Adriana 29.08.11 às 11:51
bed

Já era tarde, o sono não chegava, mas era preciso dormir. Tentar, ao menos. Apaguei a luz, desliguei o notebook, uma última olhada no celular e, pronto, deitei. Algumas coisas sempre incomodam, então lá vou eu ajeitar as cobertas e trocar a posição dos travesseiros até encontrar a perfeição. Parece que a perfeição não quer se encontrada, até as meias estão esquentando demais, tiro-as e penso: agora sim. Uma mão por baixo do travesseiro dobrado e o corpo automaticamente vai se recolhendo, as pernas dobram, os joelhos sobem e o outro braço fica perdido naquele meio. Os olhos fechados por poucos minutos, a pulsação marcada no ouvido, um vazio. Viro para a esquerda, de cara com a parede, meu lado ..

Continue lendo »
25ago

Teus Passos

Atualizado por Adriana 25.08.11 às 14:13
teus passos

Perco-me em teus passos Ah, os teus abraços Eu me perco como nunca me perdi antes A intensidade fala por mim Ela está ali, ela me cala Intensa Intensa paixão cravada no meu coração Onde estão os teus passsos agora Estão longe dos meus Eu vou saltar até encontrá-los Até onde eu puder Sem exitar Sem deixá-los seguir para muito longe Adriana Cecchi

Continue lendo »
24ago

Super-heróis minimalistas

Atualizado por Adriana 24.08.11 às 10:46
mini

Adoro cartazes, adoro super-heróis e adoro arte minimalista, vem cá, Marko Manev, lindo você! Os trabalhos do designer são incríveis e agora ele criou uma série de cartazes minimalistas para os super-heróis da Marvel. Ele usa poucas cores e só alguns símbolos de cada um, mas dá pra reconhecer todos [quem curte, claro!]. Cada cartaz custa 18 doletas e entregam pro mundo todo, veja na loja society6.

Continue lendo »
22ago

Dois patos na lagoa

Atualizado por Adriana 22.08.11 às 22:52
22

Dois patos de data, dois patos de idade, enfim, uma pata. — E aí, como é que você está se sentindo hoje? — Igual. Ah, igual, né? No dia pode até ser “igual” por assim dizer, mas dias antes, hmmm, aí é complicado! Eu tenho uma coisa, pra não chamar de problema, de sempre me cobrar muito nos meus aniversários. Tipo ano novo, sabe? Perguntas rondam minha mente: O que você fez? O que mudou? Aonde você quer chegar? E aí, Adriana, é isso? É, é isso. Pelo menos é isso que tem pra hoje. Tosco repetir, mas esse ano não passou, ele voou; voou e voou a jatinho particular. Sinto que não fiz nada e fico péssima com isso. ..

Continue lendo »
18ago

Cara de um, focinho de outro

Atualizado por Adriana 18.08.11 às 12:05
port5

– Você é a cara do seu pai, sabia? – Ah, não, mas olha como ele tem alguns traços mais finos também, puxou sua mãe! Cada um fala uma coisa, inevitável. Eu mesma já ouvi gente dizer que sou a cara do meu pai e gente dizer que sou a minha mãe mais nova. Mas é claro, né? Temos uma coisa de um, outra de outro e forma um todo, e aí cada um enxerga do jeito que bem entende. Bate o olho e diz o que acha. Agora deixando os casos duvidosos de lado, existem aqueles que são cara de um e focinho de outro, que não dá pra negar mesmo que é irmão, que é filho ou que, ..

Continue lendo »
17ago

Eu quero: Biblioteca redonda

Atualizado por Adriana 17.08.11 às 14:05
biblioteca

Olha, gente, não sei muita coisa sobre o móvel, mas era o que eu precisava hoje. Parece uma bolha de livros, você deita confortavelmente, esquece o mundo e lê o que quiser bem de boas. Pelo que entendi não tem perigo de sair rolando feito idiota porque é fixo, além de ter sistema elétrico, ou seja, luzinhas aconchegantes pra ler no escuro. Vi no Etsy porque eu fuço pouco e nem sei como caí nesse negócio. Probleminha é que custa 9.500 dólares, mas mesmo assim adicionei nos meus produtos favoritos porque né, vai saber.

Continue lendo »
15ago

Duas colheres de chá de tempo

Atualizado por Adriana 15.08.11 às 11:27
time

  O tempo passa; passa e tudo volta pro lugar. Mentira, volta nada! Quem disse que voltava? A gente troca as pessoas e as coisas de posição, muda as preferências, mas, no geral, nada volta de onde saiu. O que é pra ser, fica e, não podemos adivinhar quando, será. Será um dia, quem sabe, dê tempo ao tempo. E quem tem paciência pra isso? Nunca achei que esperar desse certo, ou você tenta tudo ou você pega e vai embora. Arrisca ou desiste. Não, não dá pra ser tão literal, 8 ou 80 aqui não funciona, pelo contrário, machuca mais. Então deixa como está: você aí, eu aqui, nós lá. Viver uma coisa que nunca se teve porque, aparentemente, ..

Continue lendo »