Sem delonga

A música traz de volta o gosto da tristeza

Daquele momento que se viveu

Do que deixou de ser vivido

No âmbito da dor

Retorna e vai, revira e volta

Não mais

Apenas lembranças

De um tempo que se foi

Junto com a música que o trouxe

Longe

Sem delonga

Sem saudade

Adriana Cecchi

This entry was posted in Textos and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

One Response to Sem delonga

  1. Daqui a pouco vai ter que fechar o blog por falta de sarcasmo… ou então mudar o nome pra Redatora Poética, ou algo do tipo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>