cat-textos
16.01.2013

Ainda não encontrei uma abreviatura para o nome
Tampouco um conectivo para todos estes fonemas
Mas tem tanto meu em tudo
Que ele não admite
E eu
Nem preciso definir
Nada parece o que é
Tem a música, o adjetivo
O livro, a adversativa
Menos troféus
Mais concordância
Menos pontuação
É pedir muito?

E todos esses pronomes possessivos
Intrínsicos. Insuportáveis
A minha na sua
A sua em mim
Tão impessoais
E todas as orações subordinadas
Os objetos indefinidos
As metáforas e os superlativos?

Sujeitos sem predicado
Singulares em verbos e olhares
Plurais em números e vontades
E versos
Pedintes
Não vejo, não peço
Peco
E observo
De longe
Cada vez mais
Longe

Adriana Cecchi

Comentários

2 Comentários | Adicione o seu

  1. AKA Fabão disse:

    Desejando q o texto fosse pra mim. E perdoe minha imperdoável timidez.

  2. Thiago disse:

    O modo como você escreve é tão penetrante que chega a ser encantador. Adoro passar aqui, uma pena que não esteja atualizando mais.Volte logo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *