cat-textos
27.02.2013

Não me recordo de como aconteceu

Apareceu em minha frente

Roubou meu coração e entregou-me uma flor

Cheirava a mel e hortelã fresca

O ouvi dizer belas palavras

Lamentei por não saber respondê-las a altura

E ele fora embora

Pra longe com certeza ele fora

Sei disso tão bem quanto o cair da noite e a luz do luar

Impregnada ainda com o cheiro de sua flor, juro nada mais querer

A não ser cair em um longo e profundo sono

Adriana Cecchi

Comentários

01 Comentário | Adicione o seu

  1. Letícia disse:

    Conheci teu blog por acaso há pouco tempo e tenho gostado bastante dos seus textos, voltarei sempre :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *