cat-textos
25.03.2014

Pingos caem da chuva
Carros colidem na rua
Malandros surrupiam as carteiras
Homens pagam por putas

Mãos seguram teu copo
Mãos seguram teu corpo
Lábios te cercam pela nuca
Lábios te cercam como nunca

O tempo nada apaga
Quando a memória é vingativa

Eu seria feliz se te visse de novo
Se ainda ouvisse teus passos pelos corredores
Mas isso antes de eu ter colocado
Àquela comida suculenta no teu prato

Adriana Cecchi

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *