Arquivo de março de 2015

Você provavelmente já deve ter assistido ou pelo menos ouvido falar sobre o filme O Exorcista, certo? Mas e a obra original, o livro que deu origem ao grande clássico do cinema, você conhece? Vi o filme antes de ler o livro e posso dizer que ele basicamente formou meu gosto pelo terror. Assisti bem novinha, acho que com 8 ou 9 anos, e desde então nunca mais larguei o gênero. Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra-prima de terror de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna do combate entre a fé e o profano na forma Continue lendo

27.03.2015

Diana come maquiagem e fica com as bochechas coradas, enquanto todos olham seu salto 15 e suas olheiras marcadas. Diana não adormece. Seu sonhos são sempre arregalados como seus olhos pretos, enquanto vozes lhe incentivam a pensar em coisas más. Diana tem sede. Suas pernas finas estão formigando desde os tornozelos até o final das coxas, enquanto os homens, sem dó, vigiam de longe o colo de suas pérolas aniquiladas. Diana não compreende. Levantar seria o fim, o veludo vermelho chama a atenção. Diana sofre náuseas. Moribunda e brilhante, enquanto os garçons de asas pretas servem copos de prata com Continue lendo

18.03.2015

Em negrito, referências a The Doors Você quer falar sobre cotidiano? Eu sou a melhor pessoa pra falar sobre isso. Não que eu leve uma vida muito regrada, talvez sim, não sei. Devo assumir que gosto de ter certos horários e certas rotinas, mas não me parece grave, parece? Sobre o que eu estava falando mesmo? Ah, sim, cotidiano. As pessoas costumam dizer que me perco nos meus próprios assuntos, nunca tenho uma linha de raciocínio, me chamam de estranho, eu os chamo de lerdos. Uma ova. Todos são estranhos, pessoas são estranhas. Voltando ao cotidiano, todo dia tomo meu Continue lendo

Simbolismos obscuros, reflexões metafisicas, terror psicológico, suspense e ações alucinadas baseadas em obsessões de personagens. Encontramos isso nas obras do autor Edgar Allan Poe (♥) e encontramos isso também na série da Fox “Contos de Edgar“, lançada em 2013. A grosso modo, a série conta com adaptações dos contos de Edgar Allan Poe em São Paulo. E, novidade, tem no Netflix! O personagem Edgar da série, é um cara meio “ferrado” na vida (assim como o original também era), mora no subúrbio e trabalha numa empresa de dedetização chamada DDT Nunca Mais. Durante os serviços, juntamente com seu parceiro Fortunato, Continue lendo

O fotógrafo americano Seph Lawless (pseudônimo) fez o que eu gostaria de fazer: percorreu o país para registrar casas que foram palco de crimes e outros episódios misteriosos. Este trabalho sombrio foi transformado no livro digital “13: An American Horror Story“. Ruínas macabras, casas mal assombradas, propriedades dignas de filmes de terror, alguns calafrios e um resgate a histórias reais e obscuras em diversas cidades dos Estados Unidos recheadas de acontecimentos sinistros.  

Nada como ler boas citações do maior escritor brasileiro e um dos maiores da história, não é? Machado de Assis pode não ser a leitura preferida de muitos amantes de literatura, mas, com certeza, é um escritor que merece extremo respeito por ter revolucionado os rumos da criação literária no Brasil. • Lágrimas não são argumentos • O maior pecado, depois do pecado, é a publicação do pecado • Atrás de toda a ação, há sempre uma intenção • A vida é cheia de obrigações que a gente cumpre por mais vontade que tenha de as infringir deslavadamente em “Dom Casmurro” • O amor é Continue lendo

Minha paixão por tentáculos é de longa data, assim como a literatura de horror, imagina juntar os dois no mesmo lugar? Sim, vamos falar sobre Lovecraft! meu próprio Cthulhu “A emoção mais antiga e mais forte da humanidade é o medo, e o mais antigo e mais forte de todos os medos é o medo do desconhecido.” Howard Phillips Lovecraft (20 de agosto de 1890 – 15 de março de 1937), é, sem dúvida, um dos mais cultuados escritores de literatura fantástica do século 20. Histórias em quadrinhos, letras de músicas, filmes, RPG’s, romances e contos variados fazem menções às Continue lendo