A arte de escrever

Um livro que se auto-recomenda. Eu realmente não precisava dizer nada sobre ele, o título e o autor já dizem por si mesmos, mas como conselho é bom e a gente gosta, vamo lá:

Arthur Schopenhauer (1788-1860) é um dos mais importantes filósofos alemães. Ele achava que o mundo nada mais era do que uma representação formada pelo indivíduo e influenciou grandes nomes como Freud, Nietzsche, Bergson, Einstein (!!!), entre outros. Conhecido por seu pessimismo, tinha idealismo kantiano e foi o responsável por introduzir o budismo à metafísica alemã.

Lombada A Arte de Escrever

Fiz um vídeo bate-papo sobre o livro apontando os pontos principais de cada texto:

Esta antologia de ensaios recolhidos de Parerga e Paralipomena, é composta por cinco textos que trazem as mais ferinas, entusiasmadas e cômicas reflexões acerca do ofício do próprio Scho­penhauer, isto é, o ato de pensar, a escrita, a leitura, a avaliação de obras de outras pessoas, o mundo erudito como um todo.

Os textos: “Sobre a erudição e os eruditos”, “Pensar por si mesmo”, “Sobre a escrita e o estilo”, “Sobre a leitura e os livros” e “Sobre a linguagem e as palavras”.

Texto Schopenhauer

Schopenhauer L&PM

Já queria ler este livro há um bom tempo, encontrei no catálogo e solicitei a belezinha em parceria com a editora L&PM. Eles me enviaram a edição que faz parte da série L&PM Clássicos, mas também existe a edição da série L&PM Pocket.

Título: A Arte de Escrever
Autor: Arthur Schopenhauer
Editora: L&PM Editores
Organização, tradução, prefácio e notas: Pedro Süssekind
Número de páginas: 152
Gênero: Filosofia
*Livro cedido em parceria com L&PM Editores.

Compre
Submarino | Americanas

Mais da editora SiteFacebook | TwitterWebTV

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *