Uma adaptação em HQ da obra-prima de Bioy Casares

HQ A Invenção de Morel

Estava bastante curiosa para conhecer a Série Quadrinhos da L&PM (que tem clássicos, como: Viagem Ao Centro da Terra, Dom Quixote, Odisseia, Um Conto de Natal, entre outros) e recebi em parceria A Invenção de Morel, um romance de Adolfo Bioy Casares adaptado para os quadrinhos por Jean-Pierre Mourey.

Publicado em 1940, A Invenção de Morel é considerado ao mesmo tempo o clássico inaugural e a grande obra-prima da literatura fantástica em língua espanhola. Cultuado por sua premissa admiravelmente original, a história do fugitivo da Justiça refugiado em uma ilha deserta que de repente se vê cercado por um misterioso grupo de veranistas já deu origem a diversas adaptações e recriações artísticas.

Nesta versão em HQ, o quadrinista francês JP. Mourey desmembra esse delicado mecanismo literário para criar um dispositivo narrativo inteiramente novo, em que todos os detalhes.

“Hoje, nesta ilha, aconteceu um milagre…”

Primeira parte A Invenção de Morel

Na história, temos um fugitivo da justiça que foge sozinho para uma ilha deserta (Ilha Villings). Além de algumas construções abandonadas e de um maquinário de complexo funcionamento, não há nenhum sinal de ocupação humana.

Mas é chegado o dia em que o fugitivo e narrador – que não tem nome – descobre que não está sozinho. Um misterioso grupo de veranistas aparece e se espalha pela ilha, o que lhe deixa bastante aflito por causa de seu “anonimato”.

HQ

Ele então não vê outra alternativa a não ser investigar aquelas pessoas. O narrador-fugitivo monitora o cotidiano dos “intrusos” seguindo-os, ouvindo suas conversas e, assim, começa a desconfiar de uma espécie de ritual ao encontrar padrões recorrentes nas ações deles.

Pronto, temos um grande mistério e quadro a quadro as chaves para a resolução são fornecidas, assim como funciona para o narrador.

SPOILER O fugitivo percebe que os padrões, na verdade, são reencenações de determinados momentos vividos por aquelas pessoas semana após semana. Ao se desprender de sua noção do que é possível e impossível ou real e irreal, o personagem é capaz de decifrar o enigma em sua totalidade. Ele se apaixona por Faustine e assim “conhece” Morel, inventor de uma máquina de imagens que reproduz realidades passadas, o grande responsável pelos hologramas da ilha. FIM DO SPOILER

“Discuti com o autor os pormenores da trama, e a li repetidas vezes; não me parece uma
imprecisão ou uma hipérbole qualificá-la como perfeita.” Jorge Luis Borges

Detalhes

Verso

A edição é dividida em duas partes iguais em suas 128 páginas, além de: prefácio escrito por Michel Lafon; notas finais com comentários do editor do manuscrito original; e posfácio sobre algumas chaves de leitura desta adaptação.

Obviamente, a leitura da HQ não substitui a leitura da obra original, mas considero um bom início e despertar de interesse para grandes nomes da literatura.

Sobre o autor

JEAN-PIERRE MOUREY nasceu em 1970, na comunidade francesa Luxeuil-le-Bains. Quadrinista e ilustrador, estudou artes plásticas e história da arte na Universidade de Estrasburgo e se espacializou em histórias em quadrinhos na Escola Superior de Imagem de Angoulême.

Título: A Invenção de Morel
Título original: L’ Invention de Morel
Autor: Bioy Casares
Adaptação para os quadrinhos: Jean Pierre Mourey
Editora: L&PM Editores
Tradução: Alexandre Boide
Número de páginas: 128
Gênero: Literatura moderna internacional; Quadrinhos
*Livro cedido em parceria com L&PM Editores.

Comprar
Submarino | Americanas

Comentários

2 Comentários | Adicione o seu

  1. Raquel Moritz disse:

    Acho legal quando fazem essas adaptações, embora – como vc mesma disse – não substitua o original. Li alguns dias atrás Dois Irmãos, nos traços dos gêmeos Fábio Moon e Gabriel Bá, e achei fantástico. Ele claramente despertou meu interesse para ler o original. :))))

    Também tem um livrão enorme chamado CÂNONE GRÁFICO, que reune pequenos trechos de grandes clássicos adaptados em quadrinhos. São várias histórias famosas nas mãos de artistas diferentes, é bem bacana. :)

    Beijoca <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *