“Havia duas pessoas na sala, mas nenhuma delas deu a menor atenção à maneira como eu entrei,
ainda que somente uma delas estivesse morta.”

O Sono Eterno

1. AUTOR

“O Sono Eterno” foi o primeiro livro de Raymond Chandler (1988 – 1959), o mestre da literatura policial noir – publicado em 1939 – tornou-se uma referência para todas as histórias policiais que surgiriam a partir de então, especialmente no que diz respeito ao estilo da escrita e nas atitudes que atualmente são características do gênero.

2. GÊNERO

Numa tradução literal, literatura noir é como os franceses – fãs do gênero – batizaram a famosa literatura “negra” surgida na década de 40 nos EUA. Eram romances policiais que fugiam à tradição de um gênero baseado num modelo alicerçado no tripé “crime – dedução/investigação – descoberta do culpado”.
O romance noir é facilmente reconhecível: o cenário urbano, a rede de crimes, a violência física e nos diálogos, capangas durões, policiais corruptos, “mulheres fatais” e claro, a figura emblemática do detetive particular de caráter irônico e atitudes levemente questionáveis. Muito mais do que um interessante quebra-cabeça criminal, aproximou-se da grande literatura e produziu algumas obras primas da literatura universal em todos os tempos.

Chandler

3. HISTÓRIA

É uma das primeiras histórias do fantástico gênero noir e tem como cenário a Califórnia no difícil período da depressão dos anos 30, além de uma envolvente teia de tramas, subtramas e personagens que cruzam o caminho do nosso detetive. Um livro para ser lido com calma e atenção para poder ser apreciado da maneira que merece, as respostas vem as poucos.

4. PERSONAGEM

Logo em sua primeira obra, Chandler nos presenteia com um dos melhores detetives e, provavelmente, um dos melhores personagens da ficção policial: Philip Marlowe, um personagem tão fascinante quanto complexo: cínico, aparência de durão, mas com um lado generoso e sentimental, que viria a ser protagonista de muitas outras narrativas do autor.

Livro O Sono Eterno

5. DEU ORIGEM A UM FILME

Dirigido por Howard Hawks, À Beira do Abismo (The Big Sleep) é um filme estadunidense de 1946, do gênero suspense, com roteiro de William Faulkner e Leigh Brackett.

Título:O Sono Eterno
Título original: The Big Sleep
Autor: Raymond Chandler
Editora:L&PM Editores
Número de páginas:243 (edição pocket)
Gênero: Romance policial
*Livro cedido em parceria com L&PM Editores.

COMPRAR O SONO ETERNO
Submarino | Americanas

NO SKOOB

Comentários

3 Comentários | Adicione o seu

  1. Acho que nunca li alguma história noir, pelo menos não que eu me lembre e esse aí me interessou. Vou procurar e colocar ele na minha infinita lista de leituras hahaha

  2. Wesley Lopes de Oliveira disse:

    O Raymond Chandler tinha um excelente senso de humor. Só aquele trechinho inicial dele falando sobre um vitral envolvendo uma dama e um cavaleiro de armadura já me ganhou rsrs
    Falando em romance policial, uma série que poderia aparecer aqui no Brasil é a do Fletch, de Gregory McDonald, que possui 11 livros. Se o filme do Chevy Chase tiver retratado bem o que o livro é, deve ser uma série muito boa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *