Quando nasce a maldade?

Menina Má

Você acha que uma criança pode se tornar assassina por influência do meio em que vive ou existem mesmo as chamadas “sementes do mal“?

Filme The Bad Seed

Há 62 anos, um livro de suspense psicológico faria com que milhões de leitores discutissem apaixonadamente essa questão. Que livro era esse? The Bad Seed. Mais um clássico que a DarkSide Books vai trazer ainda esse mês para os fãs de literatura sombria com o nome Menina Má.

Publicado originalmente em 1954, Menina Má se transformou quase imediatamente em um estrondoso sucesso. A primeira criança vilã! Polêmico, violento, assustador eram alguns adjetivos comuns para descrever o último e mais conhecido romance de William March. Nas palavras de Ernest Hemingway, que se declarou um fã, o livro e “assustadoramente bom”.

“William March sabe onde os temores e os segredos humanos estão escondidos.”
NEW YORK TIMES

 “Uma verdadeira proeza artística.”
ATLANTIC MONTHLY 

The Bad Seed (1956) Directed by Mervyn LeRoy Shown: Patty McCormack (as Rhoda), Henry Jones (as Leroy Jessup)

Em 1956, o diretor Mervyn LeRoy adaptou o romance para o cinema com o mesmo nome original (The Bad Seed), em português, ganhou uma tradução ingrata: A Tara Maldita. Assisti ao filme e fiz um vídeo sobre [canal Redatora de Merda], além de citar outras histórias com casos de crianças psicopatas. Veja:

O livro será lançado no final de abril e está em pré-venda no site da Amazon.

Caixa Postal: 79898
CEP 01130-970
São Paulo / SP

Comentários

01 Comentário | Adicione o seu

  1. […] A introdução do livro foi escrita pela crítica literária Elaine Showalter em 1997 e traz diversas informações que nos acrescentam conhecimento sobre o autor e sua obra. Entendemos como episódios reais de sua vida inspiraram a história de Menina Má e sua construção. William March publicou seis romances e quatro compilações de contos, morreu em 1954, ironicamente quase um mês após o lançamento do seu livro de maior sucesso, Menina Má. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *