Arquivo do Autor

Blue Monday, música da banda britânica New Order lançada em 1983. Com mais de 7 minutos de duração, virou um marco para a música. Amém. (ouça aqui) Mas como seria se o single tivesse sido composto em 1933? Um grupo britânico chamado Orkestra Obsolete voltou 50 anos e fez uma versão de Blue Monday usando apenas os instrumentos da época. Aprecie:

Sete contos, sete demônios e sete pecados capitais Autor nacional, livro de terror e uma edição cheia de ilustrações fantásticas, esse é O Vilarejo, de Raphael Montes. Sinopse:Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome. As histórias podem ser lidas em Continue lendo

A “quebra da quarta parede” no cinema ocorre quando o personagem fala diretamente com o espectador, o que torna o público parte do filme. A quarta parede também pode ser quebrada no teatro, na TV e nos livros. O canal The Video Shop fez um vídeo compilando 400 cenas de filmes com essas quebras da quarta parede. O vídeo tem 17 minutos e é simplesmente incrível para os amantes da arte. Deadpool com certeza estaria nesse vídeo, uma pena ele ter sido feito 9 meses antes da estreia.

Continuaremos a buscar a luz. Devemos seguir o ciclo. O que era bom, ficou ainda melhor. O segundo volume da série Ciclo das Trevas (leia a resenha do primeiro, O Protegido), A Lança do Deserto, começa com um prólogo de um interessante ponto de vista no qual nos é relatado a infância e a evolução de Jardir, desde o seu treinamento para se tornardal’Sharum até chegar à liderança dos guerreiros em Krasia e, por fim, sua ascensão ao posto de Sha Darma Ka, o Salvador. O livro é dividido em quatro partes e, na primeira, os eventos narrados não seguem o desfecho de O Continue lendo

Quem tá chegando? Oscar, próximo domingo, dia 28 de fevereiro. Ainda estou tentando maratonar todos os filmes indicados – porém impossível – mas resolvi fazer alguns comentários sobre os oito filmes indicados ao principal prêmio: melhor filme. Coloquei os filmes na ordem da minha torcida, ok? 1- MAD MAX: ESTRADA DA FÚRIA Como poderia eu não amar um filme com essa poeirada toda? Meu queridinho eterno! Ação louca e desenfreada, eu não poderia pedir outra coisa, um salve-salve a George Miller que agora não vai me deixar assistir filmes de ação com os mesmos olhos. Escrevi sobre o filme na Continue lendo

“LIVRAI-NOS DE TODO O MAL, AMÉM.” E aí que eu fiquei sem palavras. Meu fascínio pelo filme e livro O Exorcista (veja resenha do livro no blog) agora vai ficar completo: a história real que inspirou o clássico será lançada em maio pela Darkside Books. Um fenômeno quase paranormal atingiu o mundo em 1973. Multidões sofreram de náuseas, desmaios, alucinações e calafrios, numa histeria coletiva sem precedentes. Todos aparentemente possuídos por um filme: o já clássico O Exorcista, dirigido por William Friedkin e adaptado do romance que o roteirista Willian Peter Blatty lançara dois anos antes e que completa 45 Continue lendo

Bom, pra falar a verdade na realidade, o maior motivo para você ler este livro é: Exterminador do fucking Futuro! Precisa de algo mais que uma máquina para matar? Não, né, mas vou lista mesmo assim: 1- HASTA LA VISTA, BABY! O filme é um marco no cinema, foi aclamado pela crítica na estreia no ano de 1984, tornando-se um clássico instantâneo e entrando para as listas dos melhores filmes do ano. O Exterminador do Futuro foi considerado pela Biblioteca do Congresso norte-americano uma obra de significância “cultural, histórica e estética” e selecionado para ser preservado no National Film Registry dos EUA. A franquia que eternizou Schwarzenegger Continue lendo