Arquivo da Categoria "Livros"

A piedade não é natural ao homem. Crianças são sempre cruéis. Selvagens são sempre cruéis. A piedade é adquirida e aperfeiçoada pelo cultivo da razão. – Samuel Johnson Crianças cruéis. Bem cruéis mesmo. Crianças que matam e não sentem remorso. O que origina a maldade? Quais são as motivações infantis para cometer crimes? Precisei de um tempo para digerir Fábrica de Vespas, de Iain Banks, depois da leitura. O livro é pesado durante toda sua narrativa, mas, no final, ele simplesmente te desconcerta. Criei algumas teorias (não me orgulho de nenhuma) para o fim do livro no qual Frank, um garoto de 16 anos, Continue lendo

Arctic Monkeys – You’re So Dark De acordo com o dicionário, morbidez é a manifestação de fascínio com assuntos considerados sinistros ou trágicos, como por exemplo a morte. Não sei quanto a vocês, mas eu sou constantemente chamada de “mórbida” pelas pessoas. Assim, não nego. Sorte minha não estar sozinha nesse mar mórbido e vamo nessa desmitificar tabus. Veja também: minha coleção Crime Scene e Livros sobre Psicopatas Minha última leitura fez com que esse post surgisse, a seguir, 3 dicas de livros para quem tem um gostinho ligeiramente peculiar. CONFISSÕES DO CREMATÓRIO Um livro para quem planeja morrer um dia “Embora você Continue lendo

O blog agora tem parceria com a Globo Livros, selo Biblioteca Azul ❤ em breve muitas novidades! A começar com dois sorteios para vocês: O caso Meursault, de Kamel Daoud Romance vencedor do Goncourt, principal prêmio literário da França, O caso Meursault, do jornalista e escritor argelino Kamel Daoud, é lançado no Brasil pela Biblioteca Azul, depois de ter sido aplaudido pela crítica francesa e de ter seus direitos vendidos para mais de 20 países. O romance tem como ponto de partida um dos maiores clássicos da literatura francesa no século XX, O Estrangeiro, de Albert Camus, cuja trama é reconstruída Continue lendo

Early Auden (Em Algum Lugar Nas Estrelas) é considerado um garoto peculiar aos olhos de muitos. Vive sozinho em um cômodo do internato e costuma contar jujubas por cores quando fica nervoso. Além disso, o menino Early também tem algumas regras musicais bastante específicas: ouvir Louis Armstrong às segundas, Frank Sinatra às quartas, Glenn Miller às sextas, Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. O comportamento de Early, é um dos muitos indícios da síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo, que só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra, e que inspirou personagens já clássicos como o Sr. Spock Continue lendo

Traços simples, fungos fofinhos e papo de gente grande! Dois fungos caminham por um pântano inóspito e refletem sobre a vida, suas crenças religiosas e a internet no mais recente lançamento da editora Mino. Fungos é o primeiro trabalho de James Kochalka publicado no Brasil. Vencedor dos prêmios Eisner, Ignatz e Harvey, o autor de 48 anos é considerado uma das grandes lendas da indústria norte-americana de quadrinhos. Em 1998, com a série American Elf, Kochalka foi um dos primeiros artistas a utilizar a internet como plataforma de publicação de seus trabalhos. Conheça o canal de James Kochalka. “Nos anos 90, Continue lendo

“Ela ainda é muito nova para entender o que aconteceu. Em vários aspectos, ainda é uma criança inocente.” O livro é de ficção, mas é muito mais real do que ousamos imaginar. Menina Má é, como o próprio nome diz, sobre uma criança má, uma criança psicopata. Sabe o que a indústria de entretenimento faz (na maioria dos casos) de tratar crianças como seres especias, puros e ingênuos de todas as formas? Ou então de – por algum motivo – romantizar histórias com psicopatas? Pois é, em Menina Má, William March não faz nada disso e conta uma história que com certeza vai Continue lendo

Vocês não imaginam o tamanho da minha alegria quando recebi o convite da Darkside Books para – nada mais, nada menos, entrevistar Andrew Pyper! Sim, o autor de O Demonologista que tanto adorei e que entrou nas principais listas de Livros Mais Vendidos no Brasil em 2015. Clique aqui para ler a resenha do livro O Demonologista Na entrevista, perguntei para Andrew Pyper sobre o final de O Demonologista; curiosidades sobre o seu novo lançamento brasileiro, Os Condenados; como ele lida com o sobrenatural, sobre seu processo de escrita e muitas outras coisinhas, espero que gostem: Andrew Pyper! Gostaria de começar Continue lendo

Uma narrativa curta e que envolve todos os elementos. Leitura rápida, porém intensa, esses são os contos. Eu sempre gostei muito de ler contos, pra mim não tem erro. É o tipo de livro que flui a qualquer momento (ótimo pra famigerada ressaca literária, inclusive) e sempre deixa um gostinho de quero mais. Pensando nisso, decidi começar uma “série” aqui no blog com indicações de livros de contos. Neste primeiro post, indicarei três livros da Editora Estronho. Contos com folclore, terror, horror, suspense, algumas insanidades e fantasia! Lá vai: INSANAS “Era sangue, mas o que eu poderia fazer além de Continue lendo