Ela está lá para todos, mas só usa quem quiser. Uma realidade paralela. O mundo para de girar, a cabeça fica distante. Passa por ruas, avenidas, casas, grandes jardins, prédios, comércios, carros, motos, praças, pontes, muros e concretos. Passa por casais de mãos dadas, crianças de uniforme, moradores de rua, homens de gravata e mulheres de vestido. Passa por semáforo, lixo, gente e bicho. Quadro em movimento e tempo congelado, paradoxalmente no mesmo vidro. Tudo fica em suspenso, ao menos por um momento. Agonias, saudades, angústias, dores, aflições, dúvidas, amores não correspondidos, crises existenciais, arrependimentos, decisões importantes, problemas familiares, urgências, Continue lendo

25.08.2011

Perco-me em teus passos Ah, os teus abraços Eu me perco como nunca me perdi antes A intensidade fala por mim Ela está ali, ela me cala Intensa Intensa paixão cravada no meu coração Onde estão os teus passsos agora Estão longe dos meus Eu vou saltar até encontrá-los Até onde eu puder Sem exitar Sem deixá-los seguir para muito longe Adriana Cecchi