Um cara criativo, um artista que é conhecido por fazer esculturas com objetos de madeira, resolve dar vida a caveiras através de objetos de decoração e muita perspectiva, resultado: a Adriana está adorando e quer uma em seu quarto a qualquer custo.

“2010. Nascimento (Wagner Moura) enfrenta um novo inimigo: as milícias. Ao bater de frente com o sistema que domina o Rio de Janeiro, ele descobre que o problema é muito maior do que imaginava. E não é só. Ele precisa equilibrar o desafio de pacificar uma cidade ocupada pelo crime com as constantes preocupações com o filho adolescente. Quando o universo pessoal e o profissional de Nascimento se encontram, o resultado é explosivo.” Fonte G1 [youtube video=gsZP9ZX3fsI]

Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de caveiras. Sou completamente tarada por tatuagens, mesmo não tendo nenhuma-nenhuminha no corpo. Mas isso é uma questão de tempo (não é mesmo?), tenho todos os desenhos e é SÓ fazer. A paixão pelas skulls é loooonga, desde nem sei quando. Sempre gostei de histórias sobre piratas e coisas que tinham vidros de veneno (uma criança um tanto quanto… deixa pra lá), ficava rabiscando pela casa, caderno e afins uma coisa que eu chamava de caveira. Cha-ma-va! Semana passada encontrei um desses desenhos e MEU DEUS! Era uma coisa totalmente torta e Continue lendo