13.11.2012

– Por que você tem um colchão tão grande se sua cama está sempre tão vazia? A pergunta caiu num baque em sua cabeça. Ela parou para pensar em tudo que fazia. Seria a cama uma metáfora de sua vida? Sempre tão vazia e tão gelada. Viu que não se importava. Preferia assim. Em meio a um furacão de memórias, lembrou-se dos dias em pranto. Das épocas sem paz. Das noites mal dormidas, das madrugadas em claro. Dos apertos no peito e das fisgadas que pareciam fazer seu coração parar de bater. Da imensa saudade. Horas eternas, minutos soluçando. Dia Continue lendo

A — Oi. B — Oi. A — O que você tá fazendo aqui? B — Não sei… A — Você tem que saber. Deveria saber. B — … A — O que você quer? B — Você. A — Agora? E você acha que é assim? B — Não, eu não acho. Eu nem sei o que eu acho, eu sei lá. A — Você me confunde demais, sério. B — E eu me confundo também. A — Você não sabe o que quer. B — Eu, eu… A — Aliás, você sabe sim, você sabe o que não Continue lendo