02.10.2012

Ainda não me acostumei com essa intimidade transformada em diplomacia. Essa polidez. Essa educação. É como se eu nunca tivesse sentido um suspiro longo e profundo seu ao pé do meu ouvido. Oi, como está? Logo nós, que completávamos a fala um do outro, agora, não passamos da mera trivialidade. E em casa, tudo bem? Me sinto desconfortável. Chega a ser sufocante te conhecer tão bem. Trabalhando muito? A página foi virada para ambos, não há outra chance, não há outro meio. Ouvi que vem uma frente fria na sexta. A falta de espontaneidade pesa cruelmente em cada frase. E Continue lendo