16.05.2014

Sob o edredom de cor azul anil Um amor e um revólver Bala que enrosca na garganta E arde Descarte Sob algum signo inconstante que te enlaça Agora vejo meu lado mau sedento De mim De você Mate