Sim, mais um da ‘saga’. Eu, particularmente, adoro esse filme mas tenho que concordar com aquela velha história de que ‘o primeiro sempre é o melhor’. Verdade, não há como negar. O filme acabou ficando muito previsível: premonição no avião, premonição no trânsito, premonição no parque… e agora? Premonição em uma corrida. Achei que ele fugiu um pouco do que realmente era na ideia inicial, mostrar os enlaces de como tudo pode acontecer e se encaixar no final (medo disso). Partiu pra uma pegada mais horror chocante, aflição… ah, esse tipo de coisa que eu não gosto muito. Mãããããs não Continue lendo