Continuaremos a buscar a luz. Devemos seguir o ciclo. O que era bom, ficou ainda melhor. O segundo volume da série Ciclo das Trevas (leia a resenha do primeiro, O Protegido), A Lança do Deserto, começa com um prólogo de um interessante ponto de vista no qual nos é relatado a infância e a evolução de Jardir, desde o seu treinamento para se tornardal’Sharum até chegar à liderança dos guerreiros em Krasia e, por fim, sua ascensão ao posto de Sha Darma Ka, o Salvador. O livro é dividido em quatro partes e, na primeira, os eventos narrados não seguem o desfecho de O Continue lendo

Existe luz na escuridão. Duas palavras, um sentimento: que livro! Antes de ter o livro em mãos, havia visto alguns comentários sobre o Ciclo das Trevas se igualar a grandes nomes como Senhor dos Anéis em meio ao universo fantástico, agora posso dizer que não é pretensioso, é realmente muito, mas muito bom mesmo. Temos um mundo novo, bem detalhado, com seu próprio governo, vilarejos com sua ordem e vários mistérios. Anota aí, um dos maiores fenômenos da literatura fantástica atual e, o mais incrível, foi um livro de estreia do autor na ficção de fantasia. A premissa é interessante e eu Continue lendo