O ilustrador sueco, Mattias Adolfsson, adora desenhar coisas malucas e surreais com um visual meio retrô em seus moleskines. É de dar inveja a quantidade de detalhes com que ele trabalha em cada cena/desenho. E ele só usa lápis e aquarela, gente, dá uma ligada:

Olha só, preciso contar que sou uma pessoa um pouco frustada quando o assunto é desenhar. Eu amo, sempre amei. Já fiz aulas e tenho um caderno que me orgulho muito cheio de desenhos que nem eu mesma acredito ter feito. MAS hoje a parada é diferente. Minha imaginação ficou bem restrita e o máximo que consigo fazer é rabiscar letras de músicas ou caracóis abstratos. Tenho, pelo menos, uns três sketchbooks lindos e amados, mas que não são usados! E, no meio desse drama todo, eu encontro o sketchbook perfeito! O Walls Notebook não é um caderno comum, ao Continue lendo