Vivemos num mundo ultra-mega-super-conectado, onde todo mundo sabe tudo pelo app de notícias, os amigos dizem ter saudade nas fotos antigas do facebook, colegas fazem piada com o cara que senta do lado na mesa do trampo pelo twitter, outros passam o dia curtindo e amando fotos em tal lugar, enfim. Me revolta um pouco ver um casal numa mesa de restaurante, cada um com seu celular ‘teclando’ com outras pessoas. Caceta! Fica em casa, fica no banheiro, pô! Mas né, não to aqui pra julgar ninguém, até porque eu mesma gosto bastante de tecnologia e bla-bla-blas, só acho que Continue lendo

Sempre me interessei por redes sociais, e não só pelas minhas, aprecio muito a de outros também. Fiz meu primeiro blog em 2003 e era sobre sobre música, depois vieram muitos e muitos outros. Tenho, junto com este, mais uns quatro abertos [um mais ativo com textinhos bobos e jogados ao vento]. Fotolog foi [e é] um vício desgraçado e depois veio o Orkut [que até então eu não queria fazer porque achava babaca demais. Ainda acho mas continuo com ele por afeto a depoimentos, recados e fotos -bicha!]. O mais engraçado é que eu tinha tanta coisa e nunca me importei com visualização, divulgação, todas Continue lendo