O canal do YouTube Mr. Sunday Movies fez um vídeo mostrando e contando todas as mortes que o Coringa causou no cinema. No vídeo, um envelhecido Bruce Wayne assiste a todos os assassinatos de seu inimigo, sejam eles cometidos nos live action Batman e Batman – O Cavaleiro das Trevas ou nos longas em animação Batman Contra o Capuz Vermelho, Batman: O Cavaleiro das Trevas – Parte 1 e 2, Batman: Assalto em Arkham, Batman: A Piada Mortal (clique para ver o vídeo sobre o filme A Piada Mortal), entre outros. O polêmico Esquadrão Suicida ficou fora da lista, o vídeo foi publicado um dia depois da Continue lendo

Morre 1, morre 2, morre 1o, morre 50 mais. John Wick (Keanu Reeves) é homem solitário que perdeu tudo na vida. Um assassino de aluguel aposentado que precisa a voltar ao jogo e enfrentar a máfia. Um dos melhores filmes de ação que assisti nos últimos anos, muito tiroteio, luta e sangue! Nick DiNizio reuniu todas as mortes do filme em um só vídeo. Hora de relaxar: Filme disponível na Netflix (clique aqui para assistir)

De Cães de Aluguel (1992) a Django (2012), 2o anos de cinema, 8 filmes e cerca de 560 mortes. Esse é Tarantino! Jaume R. Lloret compilou todas essas mortes em um único vídeo – que já merecia um uptade com Os Oito Odiados -, veja abaixo (*contém spoilers): No vídeo: Reservoir Dogs (1992); Pulp Fiction (1994); Jackie Brown (1997); Kill Bill Vol. 1 (2003); Kill Bill Vol. 2 (2004); Death Proof (2007); Inglorious Basterds (2009) e Django Unchained (2012).

Benjamin Sichert foi à fábrica mais antiga de motores de explosão do mundo (fundada em 1864 por Eugen Langen e August Otto) e, antes que esta fosse demolida, criou um vídeo sequencial animal a partir de fotos tiradas, na grande maioria, com uma Canon 5D MK II e, em alguns trechos, com uma Nikon D90. Usou um pocketslider, pequeno trilho, criatividade e muito, mas muito trampo pra fazer esse vídeo. [vimeo video=25452283] E vale assistir todos os outros vídeos dele, são incríveis!

[youtube video=mYkhNWIdra0] “You have forsaken all the love you’ve taken Sleeping on a razor, there’s nowhere left to fall Your body’s aching, every bone is breaking Nothing seems to shake it, it just keeps holding on Ah ah ah ah Your soul is able, death is all you cradle Sleeping on the nails, there’s nowhere left to fall You have admired, every man desires Everyone is king when there’s no one left to pawn Ah ah ah ah There is no peace here, war is never cheap here Love will never meet it, it just gets sold for parts You Continue lendo

Eu tenho uma dica pra você que gosta de fotografia e gosta de toda a magia nostálgica que vídeos retrospectivos trazem. Não, relaxa que você não vai precisar manjar de programas de edição de vídeo de uma hora pra outra. Tudo muito simples, basta entrar no site Pummelvision que ele faz tudo por você. O bacaninha aí acessa as fotos do seu Flickr, Tumblr, Facebook e monta uma linha do tempo super moderninha com direito a música. É bem simples de mexer e, o melhor, é que ele ainda posta o vídeo pronto pra você na sua conta Youtube ou Continue lendo

Uma super votação da NME elegeu as melhores e piores músicas cover’s de to-dos os tempos. Em primeiríssimo lugar ficou a banda Muse com “Feelign Good” (inclusive música tema do filme Sete Vidas, na versão Muse mesmo), originalmente, de Nina Simone. [youtube video=CmwRQqJsegw] Particularmente, eu não sabia que era um cover e gostei bastante da música quando ouvi pelas primeiras vezes – digo pelas primeiras vezes porque hoje não encontro muito paciência para músicas dessa pegada [tô no rock pesado, mano!], mesmo admirando pr’cacete Muse e me arrependendo amargamente por não ter ído ao show. Os Melhores Covers de Todos Continue lendo