Arquivo da Categoria "Arte"

O artista Brian Dettmer usa livros como moldura para fazer suas incríveis obras. Ele usa tesouras, bisturis cirúrgicos e pinças em cada página, o que no fim se revela como um belo quadro tridimensional. Fiquei impressionada! Diz Dettmer: “Meu trabalho é uma colaboração com o material existente e seus criadores. As peças completas mostram novas relações de elementos internos do livro, mesmo que eles estejam exatamente onde estavam desde sua concepção original“.

24.03.2011

E quem é que nunca se agarrou em uma simpatiazinha? Estéfi Machado, designer gráfica, ilustradora, costuradeira e crafiteira de São Paulo, teve uma ideia genial: criou o blog Santa Simpatia onde são comercializados amuletos, mandingas e santinhos feitos em tecido. Eu boto fé e você? Para mais informações e encomendas: estefi@toranjarosa.com

Paul Lung tem 38 anos e desenha absurdamente bem!  Ele passa em média 60 horas em cima de cada um desses desenhos que mais parecem belas fotografias. É uma perfeição feita com nada além de grafite e papel. Tenho que concordar que senti uma invejazinha dele, sabe, eu sempre quis [saber] desenhar e tal, até arriscava uns rabiscos loucos e fingia que tava tudo lindo. Mas isso… isso é muita arte! Para ver mais trabalhos do Paul, clique aqui.

Aquele tipo de vídeo bom de se ver, sabe? É pura arte! Me fez sorrir pelo encanto. [youtube video=mwX7uEiEWx4] Esse eu pirei muito na tatuagem, quero uma igual! [youtube video=9osD__YB8QE]

Existe um grupo rolando no Flickr, chamado What´s in your bag?, onde as pessoas colocam fotos das coisas que tem dentro de suas bolsas. Eu, particularmente, tenho que confessar que sou fascinada por trecos e bugigangas alheias. Gosto das minhas, claro, mas ver o que o outro carrega na bolsa, na mochila, na pochete, na carteira… é demais! Curiosa, eu sempre quero mexer nas bolsas das minhas amigas, ver e fuçar. Então pense como esse grupo não é minha cara, haha. Por isso, resolvi tirar uma da minha! Até que tá organizadinha, vai… Veja maior!

02.07.2009

Eu pireeeeei nessa ideia com os vinis! Já vi vários trabalhos que transformam velhos discos em novos objetos mas essa…  é simplesmente genial e super inédita! Os famosos ‘bolachões’ são recortados à mão e as silhuetas criadas têm sempre referência ao grupo, estilo ou tema musical do disco. Quem preferir e ter grana pra gastar, pode comprar os recortes já emoldurados (veja que bacãna). Os preços são: 20 dólares o normal e 40 dólares com moldura. Confira mais aqui!