Um livro que se auto-recomenda. Eu realmente não precisava dizer nada sobre ele, o título e o autor já dizem por si mesmos, mas como conselho é bom e a gente gosta, vamo lá: Arthur Schopenhauer (1788-1860) é um dos mais importantes filósofos alemães. Ele achava que o mundo nada mais era do que uma representação formada pelo indivíduo e influenciou grandes nomes como Freud, Nietzsche, Bergson, Einstein (!!!), entre outros. Conhecido por seu pessimismo, tinha idealismo kantiano e foi o responsável por introduzir o budismo à metafísica alemã. Fiz um vídeo bate-papo sobre o livro apontando os pontos principais de Continue lendo